JAMIE'S ITALIAN NO QUINTAL DE CASA

Imagem : Divulgação
Muito se ouviu falar nos último meses da grande chegada do famoso chef Jamie Oliver ao Brasil. Desde que veio para terras brasileiras (e desaprovou nosso brigadeiro), o britânico escolheu São Paulo para ser palco da primeira filial do Jamies Italian dos lados de cá. Encorpado no bairro luxuoso, cheio de restaurantes bons e ruas bonitas, Itaim Bibi, fui viver a experiência gastronômica do momento. E antes uma pausa: dá para notar que por fora ele já é lindo. Parece aqueles projetos arquitetônicos que ainda nem saíram do papel, sabe?

O lugar é enorme e duvido que vá viver meio cheio e sim, sempre cheio. Inaugurou essa semana (eles não trabalham com reservas ainda) e muita gente quer ir. O bom é que é grande e comporta muita gente. Chegando por volta do meio dia a entrada é tranquila. A partir das 13h complica um pouco, mas nada que tire o encanto e a curiosidade dos presentes, exceto que você esteja com muita fome. Uma fila é feita do lado de fora do local e um hostess - ainda britânico - vai organizando a entrada. Achei até legal o fato de ter que falar inglês com ele, por um momento me senti em Londres. Só que não. Em meia hora me colocaram em uma mesa. 

Como vinha falando, além de ser grande e bem projetado dá pra notar que as cores branco e azul imperam na casa, um toque de vermelho aqui e lá, uso de ladrilhos, teto de madeiras, a decoração é uma graça. Vale ressaltar que o projeto foi feito por um escritório com sede em Londres, tudo para ficar bem igual aos outros (quem já teve oportunidade de visitar um, vai encontrar um ambiente familiar). 

O lugar conta com um salão maior, a área da varanda e do mezanino (onde está a cozinha aberta) e um deck. Caminhando pelo restaurante é possível ver fotos do Jamie, lousas com frases que destacam uma comida de qualidade, ingredientes, livros, etc. Um pouco de tudo. 

Em todo momento sentia que estava perdendo um detalhe ou outro de tanto que há para olhar. Um encanto.

Ainda que a decoração tenha saído de mãos britânicas, não há como negar que estamos em terras brasileiras: concreto e madeira de demolição são dois detalhes bem presentes na casa, que por fora, se parece a uma caixa de madeira enorme . 

A barra também é bonita. Se bem que não é primordial no restaurante, mas chama uma baita atenção porque cobre todo o pé direito da casa, fazendo você se inclinar bem para ver até onde as garrafas chegam. O menu de drinks do Jamies é até elaborado e com umas receitas únicas.

Sentada à mesa, pedi um suco de limão Taiti com limão siciliano para combater o calor. Era o especial do dia. Segundo a garçom que estava nos atendendo cada dia há um prato e uma bebida destaque. Aliás, antes de mostrar as comidas devo comentar que a equipe (de 100 pessoas) está bem treinada. Tive a impressão de que eles passaram por uma capacitação tão intensa que estavam respirando todo o conhecimento que adquiriram. A menina também sabia o sabor de cada prato, de cada bebida, de cada sobremesa, sabia de onde vinham as especiarias que apimentam as receitas de Jamie, sabia quem era o ídolo inspiração do chef. Achei muito legal. E ainda, toda a equipe está bem querida, atenciosa. Sempre que um ou outro garçom cruzava comigo pela casa, perguntava se estava tudo bem e se precisava de algo. Unidos do Jamies Italian nota 10 para atenção. 

Em seguida pedimos as Funky Chips: batatas fritas com lâminas de salsinha e alho. Estavam muito muito boas, bem temperadas, macias, no ponto. Não há como não gostar.

O primeiro prato principal foi o Tagliatelle Bolognese que quase desmanchou na boca com ragu de carne de porco, vinho tinto e parmesão. Aprovadíssimo e bem servido. Em tempo, os pratos podem ser pequenos ou normais. Os pratos desse post foram os normais. Pedir os pequenos vale a pena no caso de querer acompanha-los de algum outro principal.

E o segundo foi o famoso Penne Carbonara que eu tinha pedido também em Londres quando fui. Pancetta crocante, alho poró e molho carbonara. Muiiiito bom mesmo, adorei. Ambos pratos vieram rápido e estavam bem gostosos. Apesar de serem comidinhas que não vão zerar sua vida, estavam bem saborosas e bem temperadas (como tudo por lá e eu adoro). É importante levar em conta aqui que o restaurante é grande, muitas pessoas são atendidas ao mesmo tempo e com rapidez, portanto com expectativas reais de gostosura não há como não curtir a experiência. E ah, não vamos esquecer também que não é Jamie que está na cozinha e sim uma equipe que viajou a Londres para ser treinada por ele.

Para finalizar fomos de Tiramisu. E ai, posso falar que foi um dos melhores que comi na vida. Leva café expresso (que por sinal o de lá é incrivelmente diferente), mascarpone, raspas de laranja e chocolate. Pode embalar e levar tudo para casa que não tem problema.

No final a conta deu R$ 74 para cada uma, sendo duas bebidas, dois pratos, uma entrada e uma sobremesa, além dos 12% de serviço, o que para a marca, localização, comida, qualidade, quantidade eu achei um preço honesto que pagaria novamente. Existe uma variedade bem legal de pratos, não só de massas, mas de peixes, carnes, entradas, drinks, sobremesas. O menu de vinhos e espumantes é variado! A organização ainda deve demorar, não vamos esquecer que é recém nascido, mas saímos de lá bemmmm felizes. E ah, uma conotação apenas: achei melhor e aproveitei mais que o de Londres, viu? Hahaha.
A partir de Destemperados. Leia no original

Serviço :
Jamies Italian Brasil
Avenida Horácio Lafer, 61 - Itaim Bibi
São Paulo - SP
Fone: (11) 23651309
Aceitam Visa, Master, American, etc.

0 comentários: