FRANGO ASSADO PERFEITO

Seu tradicional frango assado de domingo nunca mais será o mesmo. Isto porque esta receita é, sem exagero, definitiva e sem reparos. É um modo bastante simples e certamente o melhor jeito de preparar um frango assado.

A receita original é do cozinheiro britânico Jamie Oliver e está em seu livro "O Chef sem Mistérios" (Editora Globo, 249 págs.), mas esta é uma versão pessoal com itens adicionais: pimenta dedo de moça, alho e cebola. E o segredo está em utilizar azeite extra virgem, temperos frescos e separar a pele da carne na parte superior do peito do frango. De quebra, o interior é recheado com alecrim, alho, cebola, pimenta vermelha, louro e limão. 

Para completar, batatas descascadas e pinceladas com uma mistura de azeite e sal são assadas juntamente com o frango e servem como um acompanhamento crocante e saboroso. É um prato perfeito para até quatro pessoas. Sirva com arroz branco.

INGREDIENTES

  • frango (caipira de preferência), de 1,1 a 1,4 kg
  • sal e pimenta do reino moídos na hora
  • 3 punhados de ervas frescas (manjeridão, salsa e manjerona), sem o talo e bem picadas
  • azeite de olive extra virgem
  • 1 limão cortado ao meio
  • 4 folhas de louro rasgadas
  • 2 colheres de sopa de alecrim seco ou 2 galhos de alecrim fresco
  • 1 cebola pequena
  • 4 dentes de alho
  • 1 pimenta dedo de moça (sem sementes), picada finamente 

PREPARO

Preaqueça o forno e a assadeira na temperatura de 225 graus. Lave o frango por fora e por dentro e seque-o o máximo possível, com ajuda de toalhas de papel. Esfregue a cavidade com sal. Com muito cuidado e ajuda da ponta de uma faca, puxe a pele do peito do franco, separando-a da carne. Procure fazer isto sem destacar a pele, mas apenas soltando-a de modo a permitir o acesso dos dedos. Polvilhe as cavidades que você fez com um pouco de sal e pimenta do rei. Pique as ervas finamente, cuidando para eliminar os talos, umedeça-as com azeite de oliva e espalhe entre a pele a carne. 

Na parte interna do frango, passe azeite de oliva, salpique sal e pimenta do reino e preencha com as ervas que sobraram, um limão cortado ao meio (com casca e tudo), folhas de louro rasgadas, alecrim, a pimenta dedo de moça (ou similar), sem sementes e picada finamente, uma cebola pequena sem casca e cortada pela metade e quatro dentes de alho. 

Puxe toda a pele  para a frente, de modo que a carne não fique exposta, dobre as coxas para baixo e amarre o mais firmemente possível. 

Com a mão, esfregue a pela do frango com um pouco de azeite de oliva e tempere generosamente com sal e pimenta do reino. 

Retire a assadeira quente do forno e adicione um pouco de azeite. Coloque o frango, com o peito para baixo, no fundo da assadeira e leve ao forno. Deixe assar por 5 minutos, então vire a assadeira para o outro lado, mantendo o peito do frango voltado para baixo. Asse por mais 5 minutos, retire e coloque o frango com o peito para cima. Asse por 1 hora a 225 graus. 

Utilize a gordura da assadeira para assar batatas, cozinhando-as na assadeira junto com o frango. No meio do cozimento, lembre-se de virá-las. Elas ficarão crocantes e com um sabor peculiar do azeite temperado com as especiarias colocadas no frango. E, repito, este certamente é o melhor frango assado que você já fez. Além de não ser complicado, tem um sabor nota dez.

Dicas: 1) Não tire a casca do alho, apenas limpe o excesso e corte as duas pontas. Quando estiver pronto, o alho sairá facilmente da casca, mas já terá espalhado seu aroma por todo o frango. Se gostar, coma o alho como complemento: ele fica com um sabor suave e macio.    2 ) O frango assado perfeito tem a pele crocante, a carne das coxas mais assadas e a carne do peito macia e umedecida. Por isso, faça uns dois ou três cortes em cada uma das coxas e esfregue um pouco das ervas que sobraram. Se quiser, faça o mesmo no peito, por baixo da pele. Isto permitirá que o calor penetre diretamente, facilitando o cozimento.  3 ) Se você, como eu, usa um forno elétrico e gosta de pele super crocante, após assar por uma hora, regule o forno para a posição tostar e deixe por mais cinco ou dez minutos, regando antes a pele com o caldo que resultou do cozimento. 

0 comentários: